Rede de Geração de Conhecimento

Em 2016 o Instituto Unibanco iniciou a Rede de Geração de Conhecimento em Gestão Educacional para estudar e avaliar o principal programa da instituição – o Jovem de Futuro. O grupo é formado por pesquisadores parceiros das áreas de economia, educação e ciência política, além de contar com a participação da equipe do Instituto.

Com enfoque multidisciplinar e multi-método, a proposta da Rede é aprender e colocar em diálogo conhecimentos decorrentes de investigações científicas, e aqueles oriundos da vivência e experiência na implementação do programa. Essa combinação de pesquisa/aprendizagem só é possível pela experiência de mais de 10 anos do programa Jovem de Futuro, que é avaliado experimentalmente desde 2007.

Ao longo desse período a avaliação de impacto cumpre um importante papel de manter a transparência sobre os efeitos gerados pelo programa. Entendemos que o uso da avaliação de impacto combinado a outros métodos e fontes de informação é fundamental para que sejam concebidas ações de aprimoramento do programa.

Para isso, a Teoria de Mudança do Jovem de Futuro foi desenvolvida e consolidada unindo a potência do uso do conhecimento científico aliado do conhecimento gerado pela prática de implementação do programa. Essa convergência permitiu a formalização de uma agenda de pesquisas para verificação dos efeitos e relações causais previstos pelo programa. Uma combinação de pesquisa pouco vista e colocada em prática no Brasil.

Como resultado a Teoria da Mudança congrega a agenda de avaliações desenvolvidas pelo Instituto Unibanco e efetiva o diálogo entre pesquisadores e gestores, gerando aprendizados a partir da integração de conhecimentos.

Conheça os pesquisadores da Rede:

Fernando Abrucio
Doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo, professor e pesquisador da Fundação Getúlio Vargas e coordenador do curso de graduação em Administração Pública da FGV-SP. É colunista quinzenal do jornal Valor Econômico e tem um programa na rádio CBN. É consultor de governos no Brasil, de instituições internacionais e ONGs. Autor de livros e artigos diversos. É membro do Conselho de Governança do Todos Pela Educação.
Ricardo Madeira
Professor de Economia da Universidade de São Paulo e pesquisador associado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Ph.D. em Economia pela Universidade de Boston, é mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas. Pesquisador em Microeconomia Aplicada, Economia da Educação e Avaliação de Políticas Educacionais. É consultor de Educação para o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Ricardo Paes de Barros
Economista-chefe do Instituto Ayrton Senna e professor no Insper. É também coordenador do Núcleo de Ciência pela Educação no Centro de Políticas Públicas. Atuou no Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) por mais de 30 anos. Foi subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Possui pós-doutorado em Economia pela Universidade de Chicago e pela Universidade de Yale.
Sérgio Firpo
Professor-titular da Cátedra Instituto Unibanco no Insper. Possui mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e mestrado em Estatística e Ph.D. em Economia pela Universidade da Califórnia, em Berkeley. É membro da Econometric Society. Fellow do Institute for the Study of Labor (IZA) e membro fundador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Educação, Desenvolvimento Econômico e Inserção Social.
Telma Vinha
Pedagoga, doutora em Educação na área de Psicologia, Desenvolvimento Humano e Educação pela Faculdade de Educação da Unicamp e professora do departamento de Psicologia Educacional desta mesma instituição. Realiza pesquisas na área das relações interpessoais e desenvolvimento moral, sendo membro do Laboratório de Psicologia Genética da Unicamp e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Moral da Unesp. Autora de livros e artigos diversos.

Clique aqui para conhecer mais sobre as pesquisas realizadas pelos pesquisadores no Observatório de Educação em Ensino Médio e Gestão.

CÁTEDRA INSTITUTO UNIBANCO NO INSPER

O objetivo desta cátedra é promover pesquisas, estudos, artigos e eventos que tragam luz ao debate sobre a qualidade da educação no ensino médio, ensino técnico, ENEM e também sobre o Jovem do Futuro. Clique aqui e saiba mais.