TOPO

CEERT lança o 7º Prêmio Educar para a Igualdade Racial e de Gênero

29/10/2014 | Editado em 29/10/2014 08:56

Identificar, apoiar e disseminar práticas pedagógicas e de gestão desenvolvidas em escolas quilombolas ou que atendam crianças dos territórios quilombolas e valorizar a história da mulher, especialmente africana, afro-brasileira e indígena. Esses são alguns dos objetivos da 7ª edição do Prêmio Educar para a Igualdade Racial e de Gênero, realizado pelo CEERT (Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades), com o apoio do Instituto Unibanco.

O evento de lançamento do prêmio será realizado nesta quarta-feira, 29 de outubro, às 19h45, no SESC Belenzinho, em São Paulo (SP). As inscrições podem ser feitas de 3 de novembro de 2014 a 31 de março de 2015. Além de um valor em dinheiro para professores (R$ 5.000) e para a escola (R$ 10.000), o prêmio oferece curso de formação e notebooks, além de um acompanhamento de até 12 meses para duas escolas contempladas em cada etapa: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Na categoria professor, há premiação especial para práticas que contemplem gênero, raça e etnia.

Para se inscrever, clique aqui.

Realizado pela primeira vez em 2002, o prêmio reconhece ações sempre voltadas para a valorização e promoção dos profissionais da educação básica e de suas práticas educativas, tendo em vista a implementação da lei 10.639, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do Ensino Fundamental até o Ensino Médio.

Serviço

O que: 7º Prêmio Educar para a Igualdade Racial e de Gênero
Quando: 29 de outubro às 19h45
Onde: SESC Belenzinho (R. Padre Adelino, 1000 – Belém, São Paulo)

Compartilhe esta notícia!