TOPO

Com rede pública à distância, Enem 2021 será mais desigual; inscrições abrem na quarta

28/06/2021 | Editado em 28/06/2021 17:47

A preparação para o Enem 2021, cujas inscrições abrem dia 30 de junho e a prova está prevista para os dias 21 e 28 de novembro, está sendo marcada por desigualdade no acesso às aulas presenciais entre redes públicas e privadas. Em 2021, apenas 18 redes estaduais tiveram 100% das aulas de forma remota até o momento, enquanto todas as particulares já foram autorizadas a passar para o formato híbrido. Diante deste cenário, estudo do Instituto Unibanco e do Insper com base em pesquisas acadêmicas dos últimos dez anos apontou que, mesmo em condições ideais, o ensino remoto consegue apenas 17% da aprendizagem esperada em Matemática e 38% de Linguagem, o que reforça a desigualdade entre escolas públicas e particulares no acesso a uma educação de qualidade.

Compartilhe esta notícia!