TOPO

Evasão e reprovação apontam prioridades no ensino

25/05/2022 | Editado em 25/05/2022 14:40

Artigo do jornal Valor Econômico desta terça (24/5) fez uma reflexão sobre os impactos da pandemia no ensino. O texto trouxe dados do INEP para evidenciar os efeitos na área da educação. O Censo escolar da Educação Básica mostrou que a taxa de abandono no Ensino Médio dobrou com a pandemia, passando de 2,3% para 5% entre 2020 e 2021. O desastre foi puxado pela rede pública estadual, já que na privada houve estabilidade. Também houve aumento nas taxas de abandono do Ensino Fundamental, de 1% para 1,2%, chegando a 2,1% nos anos finais, do sexto ao nono ano. Na rede privada, a taxa caiu para 0,2% em 2021. Apesar desses dados, o projeto de homeschooling tramita no congresso, na contramão do que os dados revelam sobre o ensino remoto.

Compartilhe esta notícia!