TOPO

Instituto Unibanco, Aprendiz e Centro de Referências em Educação Integral promovem seminário sobre equidade e desenvolvimento integral no Ensino Médio

02/08/2016 | Editado em 02/08/2016 12:12

Como trabalhar com jovens do Ensino Médio em escolas públicas do Brasil, de modo a combater desigualdades históricas que os afetam, vinculadas à raça, renda, trabalho e gênero? Qual o papel da educação integral, da escola e das políticas públicas para superar esses desafios? Essas são algumas questões a serem debatidas no Seminário Internacional Educação Integral e Ensino Médio: Desafios e Perspectivas na Garantia da Equidade, realizado pelo Centro de Referências em Educação Integral, Instituto Unibanco e Cidade Escola Aprendiz, nos dias 2 e 3 de agosto, em São Paulo.

Durante o evento, será lançado o estudo Políticas Públicas e Gestão Escolar para a Equidade e Desenvolvimento Integral no Ensino Médio, que buscou aliar produção acadêmica sobre o tema e práticas validadas de escolas brasileiras e estrangeiras. O trabalho apresenta recomendações para a Equidade e Desenvolvimento Integral no Ensino Médio, oferecendo as bases iniciais para fomentar uma discussão a partir da aproximação de fontes de saber de diferentes setores e campos de atuação em um diálogo colaborativo sobre o Ensino Médio no país. Na ocasião do seminário, será também lançado o hotsite especial do estudo.

A programação do evento também contará com as conferências “O papel da educação na superação das desigualdades”, com Juan Carlos Tedesco, ex-ministro da Educação da Argentina e docente da Universidad Nacional de General San Martín, e “Educação, juventude e equidade”, com Macaé Evaristo, secretária estadual de Educação de Minas Gerais, e Mary Garcia Castro, pesquisadora da Universidade Católica de Salvador (BA).

Compõem também a programação do seminário as mesas “Educação Integral como estratégia para superação das desigualdades”, “Marcos referenciais para a gestão escolar: como superar desigualdades a partir da escola?” e “Políticas públicas de educação integral no Ensino Médio”. Será realizado também o debate “Jovem brasileiro e escola: sentido e engajamento”, com a participação de jovens secundaristas e especialistas no tema.

Acompanhe destaques da programação diária nas páginas do Facebook:

www.facebook.com/cr.educacaointegral

www.facebook.com/institutounibanco

 

SERVIÇO

Seminário Internacional Equidade e Educação Integral no Ensino Médio
Data: 2 e 3 de agosto
Local: Hotel Golden Tulip Park Plaza – Alameda Lorena, 360 – Jardins, São Paulo
Site: www.educacaointegral.org.br/seminarioequidade2016/

PROGRAMAÇÃO

2 DE AGOSTO DE 2016 (Terça-feira)

8h – Credenciamento e café de boas vindas

9h – Abertura

Natacha Costa (Cidade Escola Aprendiz) e Fabio Santiago (Instituto Unibanco)

9h30 – Apresentação do Estudo “Políticas públicas e gestão escolar para a equidade e desenvolvimento integral no Ensino Médio”.

Ângela Meirelles de Oliveira (FFLCH-USP) e Julia Dietrich (Centro de Referências em Educação Integral / Cidade Escola Aprendiz)

10h – Conferência de abertura: “O papel da educação na superação das desigualdades”.

Conferencista: Juan Carlos Tedesco (ex-ministro da Educação da Argentina e docente da Universidad Nacional de General San Martín)

Debatedora: Pilar Lacerda (Fundação SM)

11h30 – Mesa: “Educação Integral como estratégia para superação das desigualdades”.

Marcelo Burgos (PUC-RJ), Pilar Lacerda (Fundação SM), Maria Alice Setúbal (Fundação Tide Setúbal) e Ângela Dannemann (Fundação Itaú Social)

Debatedora: Denise Carreira (Ação Educativa)

14h30 – Mesa: “Marcos referenciais para a gestão escolar: como superar desigualdades a partir da escola?”

Eda Luiz (Cieja Campo Limpo – SP), Lucia Pedroza (CEF 01 de Planaltina – DF), Edna Rodrigues da Rocha (CEF 01 de Planaltina – DF), Francisca Girliane (EEEP Júlio França – CE) e Veronica Fulco (Escola Sarmiento – Argentina)

Debatedor: Elie Ghanem (Faculdade de Educação – USP)

16h – Roda de conversa com as escolas

17h30 – Encerramento do dia

 

3 DE AGOSTO DE 2016 (quarta-feira)

8h30 – Café

9h – Conferência: “Educação, juventude e equidade”.

Conferencista: Macaé Evaristo (SEE-MG)

Debatedora: Mary Garcia Castro (Pesquisadora da Universidade Católica de Salvador – BA)

10h30 – Debate: “Jovem brasileiro e escola: sentido e engajamento”.

Mayara Donaria Araujo (FAETEC – Movimento ocupação das escolas – RJ), Lilith Cristina (Escola Estadual Maria José – Movimento ocupação das escolas-SP), Bruno da Silva Mendes (Colégio Jalles Machado – Projeto Agente Jovem / Instituto Unibanco – GO) e Priscyla Ramalho (Coordenadoria da Infância e da Juventude – SEE-MG)

Debatedora: Miriam Abramovay (Flacso)

14h – Mesa: “Políticas públicas de educação integral no Ensino Médio”

Rowenna Brito (CEI SEC-BA), Marcos Magalhães (ICE Brasil), Mauricio Holanda (ex-secretário da SEE-CE) e Rodrigo Hüber Mendes (Instituto Rodrigo Mendes)

Debatedor: Antônio Augusto Gomes Batista (CENPEC)

16h – Lançamento do hotsite especial da pesquisa

Julia Dietrich (Centro de Referências em Educação Integral)

16h30 – Encerramento e café de despedida

Compartilhe esta notícia!