TOPO

MEC ignora área técnica e quer criar ‘tribunal ideológico’ do Enem

21/06/2021 | Editado em 21/06/2021 10:59

Minuta de uma portaria do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) estabelece uma espécie de tribunal ideológico do Enem, com a criação de uma nova instância de análise dos itens das avaliações da educação básica. O documento fala em não permitir “questões subjetivas” e pede atenção a “valores morais”. A decisão da criação de uma comissão permanente para revisão ideológica da prova ocorre após o ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, desistir de olhar pessoalmente as questões do Enem. A área técnica do Inep já se pronunciou de forma contrária à criação desse grupo.

 

 

Compartilhe esta notícia!