TOPO

30% dos alunos dizem sofrer bullying em SP; 10% admitem praticar

21/05/2021 | Editado em 21/05/2021 17:00

Estudo realizado pelo Instituto Ayrton Senna em parceria com a Secretaria da Educação de São Paulo aponta que três em cada dez alunos da rede estadual paulista dizem sofrer bullying dos colegas, e um em dez afirma praticar. A pesquisa levantou a percepção dos estudantes sobre uma série de competências socioemocionais, ou seja, características como empatia, foco, confiança, persistência, entre outras. Segundo o levantamento, feito em novembro de 2019 com 110.198 alunos do 5º e do 9º ano do ensino fundamental e do 3º ano do médio de escolas estaduais regulares e do Centro Paula Souza, a faixa etária de 13 a 15 anos é a que se vê, de forma geral, menos desenvolvida nesses quesitos. O estudo seria repetido em 2020, mas foi adiado por causa da pandemia.

Compartilhe esta notícia!