TOPO

Adaptações curriculares

11/12/2020 | Editado em 11/12/2020 14:43

As escolas brasileiras têm até 2022 para implementar a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) para o ensino médio. Com as novas diretrizes, homologadas em 2018, o currículo do ensino médio terá três mil horas, divididas em duas partes: formação geral básica, igual para todos os estudantes, e itinerários formativos, a partir das áreas de interesses dos jovens. Na reportagem, Rita Jobim, coordenadora de políticas de ensino médio, do Instituto Unibanco, afirma que será necessário aprimorar a formação dos professores, uma vez que eles terão de deixar de lado um modelo de ensino em que são os protagonistas, para dar vez a um método em que o estudante é personagem principal.

Compartilhe esta notícia!