TOPO

Aprender a pensar e a escrever na escola, por Claudia Costin

14/08/2020 | Editado em 14/08/2020 10:50

Em sua coluna na Folha de São Paulo, Claudia Costin defende que escrever ajuda a desenvolver autonomia, persistência e protagonismo, competências para o século 21. Para ela,  se quisermos ter uma escola que, de fato, ensine a pensar e não apenas a deglutir conhecimentos ou decorar a visão de mundo do professor ou de um colega mais articulado que se destaca em trabalhos de grupo, é fundamental que se reserve tempo em aula para a elaboração de textos a partir do que foi lido ou explanado em classe.

Compartilhe esta notícia!