TOPO

Brasil, a conta!

26/10/2022 | Editado em 26/10/2022 17:48

Em entrevista para a newsletter do Canal Meio, o superintendente-executivo do Instituto Unibanco, Ricardo Henriques, comenta os impactos do consignado do Auxílio Brasil. Um dos criadores do Bolsa Família, Henriques tem uma visão crítica do benefício. “O consignado tenta dar um suspiro de alívio da pobreza, mas compromete a vida futura de uma forma que pode ‘amarrar’ o beneficiário que já está em situação de socio-vulnerabilidade em uma espiral que não tem saída. É um risco derivado de um desenho equivocado da política de crédito do consignado”, declara o economista.

 

Compartilhe esta notícia!