TOPO

Com indefinição de datas, governo ainda não assinou contrato de gráfica do Enem 

31/05/2021 | Editado em 31/05/2021 09:56

Sem datas definidas para o Enem 2021, sem contrato com a gráfica para a impressão das provas e com trocas nas chefias do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), os procedimentos preparatórios do exame apresentam atrasos que podem comprometer todo o seu cronograma. Por exemplo, em 2019, quando o Enem ocorreu em novembro, o contrato com a gráfica foi fechado em 21 de maio e isso já representou atraso. Neste ano, documentos obtidos pela Folha mostraram que desde o início de maio havia a decisão de aplicar as provas em janeiro de 2022. No entanto, após repercussão negativa, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, prometeu que a prova será realizada até novembro. Porém, a decisão ainda não foi oficializada.

 

 

 

Compartilhe esta notícia!