TOPO

Corte do MEC anula dois terços dos ganhos do Fundeb

25/09/2020 | Editado em 25/09/2020 15:18

O Ministério da Educação (MEC) anunciou que planeja um corte de quase R$ 4,8 bilhões nas despesas discricionárias no orçamento de 2021. Isso corresponde a uma queda de 20,5% em relação ao orçamento deste ano, o que representaria a anulação de 2/3 (dois terços) da complementação federal no Fundeb.

Compartilhe esta notícia!