TOPO

Desafios das regionais de ensino é tema de webinário promovido pelo Instituto Unibanco

31/07/2020 | Editado em 31/07/2020 18:13

Com mais de 900 espectadores, evento trouxe experiências das regionais de Sobral (CE), Campo Maior (PI) e Macau (RN) diante da suspensão das aulas em decorrência da Covid-19.

Na última quarta-feira, 29 de julho, o Instituto Unibanco promoveu o webinário Desafios das Regionais de Ensino, primeiro encontro do Ciclo de Webinários: Gestão da Educação Pública em Tempos de Crise. Participaram do encontro Daniel Carlos da Costa, coordenador regional de desenvolvimento da educação de Sobral (CE), Lucimary Barros de Medeiros, gerente regional de educação de Campo Maior (PI), e Patrícia Carol Rodrigues de Melo, diretora regional de educação e cultura de Macau (RN) e ainda, Maria Julia Azevedo, gerente de implementação de projetos do Instituto e Ricardo Henriques, superintendente executivo da organização.

Maria Julia Azevedo destacou a proposta do encontro de abordar o conhecimento de quem atua com gestão na educação pública:

“a ideia é trazer o vetor da experiência para a discussão, a partir das questões comuns enfrentadas por quem está à frente da implementação da política pública nas redes”.

Ricardo Henriques, por sua vez, evidenciou o papel das secretarias de educação na busca por soluções para manter as atividades escolares durante a suspensão das aulas:

“as secretarias demonstraram capacidade em dar uma resposta, criando agendas de proximidade com a escola e viabilizando vários caminhos que contribuem para manter a escola viva diante da suspensão das aulas, ainda mais neste contexto de completa ausência do Ministério da Educação (MEC)”.

Lucimary Barros de Medeiros, da GRE de Campo Maior (PI) destacou que a secretaria de educação do estado criou a campanha “educação não pode parar”, com uma série de ações para retomada das atividades escolares, de maneira remota, já no início de abril.  Para ela o papel da regional em conectar secretaria às escolas, estabelecendo o diálogo e a escuta ativa, foi fundamental para fortalecer as relações entre os atores.

“Hoje, nossos desafios envolvem a garantia da continuidade do ensino, com engajamento dos sujeitos da comunidade escolar, em uma atuação completamente remota.  Amanhã, teremos o desafio de consolidar vínculos, da busca ativa e de reinventar o sentido das regionais. A pandemia nos trouxe sofrimento, dores e martírios, mas também a oportunidade de refletirmos as nossas práticas, as nossas relações e conseguirmos implementar as mudanças necessárias para avançarmos na educação”, explica.

Para Patrícia Carol Rodrigues de Melo, da Direc de Macau (RN), 2020 é o ano da resistência. Segundo ela, o histórico de crescimento e bons resultados do estado foi fundamental para dar a base na construção do enfrentamento à crise da pandemia.

“Houve um esforço da secretaria de educação e das diretorias regionais em repensar estrutura, formato e modo de interação com as escolas. Com documentos orientadores, diálogos sobre competências socioemocionais e uso de plataformas tecnológicas, tivemos a adesão de 92,7% dos professores ao plano de ensino remoto do estado. Isso tudo representa que somos resistência e que temos projetos exitosos durante o ensino remoto”, afirma.

Já Daniel Carlos da Costa, da CREDE de Sobral (CE), trouxe desafios relacionados à orientação de profissionais com o uso de tecnologias de informação e comunicação à distância, além do acolhimento de professores e estudantes. Em relação ao planejamento para retorno das atividades, reforçou o caráter participativo do plano estadual de retomada e o apoio aos municípios cearenses:

“além das diretrizes estaduais, a Secretaria de Educação e a Undime [União dos Dirigentes Municipais de Educação] elaboraram um documento de referência para dar suporte aos municípios em relação a seus próprios planos de retomada”.

A íntegra do webinário está disponível em https://bit.ly/2D3rFOa  

Ciclo de Webinários: Gestão da Educação Pública em Tempos de Crise

Desafios das Regionais de Ensino integra o Ciclo de Webinários: Gestão da Educação Pública em Tempos de Crise. Realizada em seis encontros, de 29 de julho a 2 de setembro, a iniciativa busca contribuir para a ampliação de repertórios sobre gestão em educação no contexto da COVID-19, além do debate de temas transversais, como o enfrentamento às desigualdades étnico-raciais. Os encontros, que contam com o apoio das Secretarias de Educação dos estados parceiros do Instituto Unibanco no programa Jovem de Futuro (Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Piauí e Rio Grande do Norte), serão transmitidos semanalmente pelo canal do Instituto Youtube, às quartas-feiras, a partir das 16h. Para conferir a programação, acesse https://bit.ly/2X74WHV.

Compartilhe esta notícia!