TOPO

É possível diminuir a desigualdade de oportunidades educacionais?

10/11/2021 | Editado em 10/11/2021 14:21

Em artigo para a Exame, Clarice Martins, doutora em Economia pelo Insper e especialista em pesquisa na Cátedra Instituto Unibanco, comenta que em pesquisas qualitativas foi identificado que meninas de famílias muito pobres dizem querer estudar para não “precisar ser diarista como sua mãe”. A educação pode lhes oferecer outras opções. Mas, para isso, é necessário dar oportunidades a uma educação de boa qualidade a crianças de todos os níveis socioeconômicos, de raça e gênero. Para a especialista, a discussão sobre desigualdades educacionais deve ser focada em dar as mesmas oportunidades a todos.

Compartilhe esta notícia!