TOPO

Em 2022, a prioridade do Brasil não é a educação

14/04/2022 | Editado em 14/04/2022 10:53

Nossa emergência inescapável é resolver o problema da fome, ou sequer teremos credenciais civilizatórias e humanistas para falar de outro tema”, alerta João Marcelo Borges, pesquisador de gestão pública e políticas educacionais da FGV, em sua coluna no jornal Nexo. João explica que a educação sempre será prioridade quando a pauta for desenvolvimento, mas agora precisamos sanar problemas mais urgentes que milhões de brasileiros enfrentam: a fome e a insegurança alimentar.

Compartilhe esta notícia!