TOPO

Ensino médio: na pandemia, estudantes podem ter prejuízo de 20% na aprendizagem

09/06/2021 | Editado em 09/06/2021 17:38

Segundo projeção da pesquisa “Perda de Aprendizagem na Pandemia”, do Instituto Unibanco e do Insper, estudantes no último ano do Ensino Médio podem concluir a formação básica escolar com 20% a menos de aprendizado em Português. As consequências para essa perda geram um impacto econômico na vida dos estudantes de cerca de R$20 mil ao longo da vida, segundo o documento.  A pesquisa, realizada com base na escala do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), aponta que estudantes que iniciaram o último ano do Ensino Médio em 2021 têm cerca de 10 pontos a menos na proficiência nas disciplinas de Português e Matemática que o esperado, e a perda pode chegar a 16 pontos caso o ensino remoto seja mantido por mais tempo. Para mitigar as perdas, o estudo indica possíveis soluções como: dobrar o engajamento dos estudantes, adotar o ensino híbrido ao longo de todo o 2º semestre de 2021, adaptar currículos e acelerar o aprendizado.

 

 

Compartilhe esta notícia!