TOPO

Governo não pode falhar com a ‘geração Covid-19’

08/06/2021 | Editado em 08/06/2021 11:05

O Editorial do Globo abordou o estudo “Perda de Aprendizagem na Pandemia”. Segundo aponta o texto, o Brasil vive atualmente duas crises de grandes proporções: a sanitária e a da educação. Segundo estudo, a defasagem na aprendizagem gerada pelo ensino remoto reduzirá entre R$ 20 mil e R$ 40 mil a renda futura de cada jovem que está no Ensino Médio nas redes públicas. Somando os estudantes do Ensino Fundamental e todos os do Médio, a perda já é de R$700 bilhões. Se nada mudar, poderá chegar a R$1,5 trilhão. “Num país com uma desigualdade abissal e histórica, a educação é chave na busca da igualdade de oportunidades para crianças e jovens pobres. Uma mão de obra com déficit educacional é certeza de baixa produtividade e também de um crescimento medíocre do PIB no futuro. Por razões econômicas, sociais e até morais, municípios e estados, sob a orientação do Ministério da Educação, têm o dever de encarar esse desafio como prioridade”, afirma o editorial.

 

 

Compartilhe esta notícia!