TOPO

Justiça proíbe convocação de professores para aulas presenciais em escolas públicas e privadas de São Paulo

10/03/2021 | Editado em 10/03/2021 16:00

A Justiça de São Paulo proibiu a convocação de professores para atividades presenciais em escolas públicas e privadas de cidades que estejam nas fases laranja e vermelha do Plano SP, para conter a propagação do coronavírus. Atualmente, todo o estado está na fase vermelha do plano até dia 19 de março. Na decisão, a juíza Simone Gomes Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública, afirma que “a retomada da aulas presenciais deve ocorrer numa situação de maior controle da pandemia, com a redução dos números de internações e mortes, com base em estudos técnicos e científicos condizentes com a realidade, com medidas governamentais capazes de assegurar não só o distanciamento social, mas também a vacinação da população de forma mais célere”. A Secretaria Estadual da Educação diz que ainda não foi notificada sobre a decisão e que as escolas permanecem funcionando

 

Compartilhe esta notícia!