TOPO

Lições para a vida Inteira 

10/05/2021 | Editado em 10/05/2021 11:35

Diante das desigualdades na educação aprofundadas pela pandemia, a tecnologia se mostrou uma importante ferramenta para a manutenção das atividades escolares. O acesso à internet, portanto, facilitaria o processo de aprendizagem em um período de isolamento social.  Para garantir a conectividade dos estudantes, a criação de uma política nacional de banda larga, com transformação de escolas em hubs de conectividade e foco em famílias em situação de vulnerabilidade. “Sem isso, não é possível pensar em modelos de ensino inovadores, nem sequer em um mínimo de igualdade de acesso a um conteúdo adequado aos novos tempos”, afirma Ricardo Henriques, superintendente-executivo do Instituto Unibanco.

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe esta notícia!