TOPO

MPMG vai examinar editais de Zema sobre gestão compartilhada em escolas

16/08/2021 | Editado em 16/08/2021 12:39

Foi instaurado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) um procedimento para averiguar se os editais do Projeto Somar, sobre a gestão compartilhada de escolas de Ensino Médio com a iniciativa privada, estão em conformidade com a lei. Criado pela gestão de Romeu Zema (Novo), o projeto prevê que a administração de instituições selecionadas seja fruto de parceria entre o poder público e organizações sem fins lucrativos. De acordo com o modelo, as parceiras de gestão nas escolas selecionadas poderão indicar os professores, diretores, vice-diretores e secretários. Os atuais integrantes do corpo docente das instituições seriam remanejados.

Compartilhe esta notícia!