TOPO

Municípios têm queda orçamentária, e falta dinheiro para volta às aulas

05/08/2020 | Editado em 05/08/2020 16:01

Relatório do Instituto Unibanco e do Movimento Todos Pela Educação indica que, além da redução orçamentária, os municípios tiveram, neste ano, um aumento dos custos por aluno pois precisaram investir, emergencialmente, nas atividades a distância e em estratégias para o auxílio alimentação, devido à pandemia de Covid-19. Na matéria, Ricardo Henriques destacou a urgência da aprovação do projeto de lei, em tramitação na Câmara, que prevê um pacote anticolapso financeiro das redes de educação – com montante previsto de R$ 31 bilhões. Além disso, pontuou a importância uma agenda governamental com Ministério da Educação, da Economia ou o da Saúde prevendo recursos para as redes de ensino.

Compartilhe esta notícia!