TOPO

O Enem da desigualdade

14/09/2020 | Editado em 14/09/2020 15:37

Educadores avaliam que pandemia acentuou abismo entre as redes de ensino pública e privada, especialmente em relação ao Enem, que será realizado em janeiro de 2021. Com a aplicação do ensino remoto por conta da suspensão das aulas presenciais, os alunos da rede particular de ensino tiveram vantagens, quando comparados aos das redes públicas. No geral, os estudantes com melhores condições de acesso à internet, equipamentos e moradias adequadas tiveram menos danos no processo de aprendizagem.

Compartilhe esta notícia!