TOPO

Pandemia acentua desigualdade e leva mais famílias a viverem na rua

18/08/2021 | Editado em 18/08/2021 12:36

Após a pandemia, observou-se um aumento da população vivendo nas ruas. Segundo o CadÚnico, base para os programas sociais do governo, o número de pessoas em situação de rua subiu continuamente de março de 2020 até abril de 2021 (com exceção apenas de novembro). Em março, 149.019 pessoas viviam nas ruas. Esse número teve um aumento de 8,7%, subindo para 162.045 em abril. Nos últimos dois meses, no entanto, o número voltou a cair, chegando a 138.762 em maio e 140.749 em junho, o que pode estar ligado ao baixo nível de atualização dos cadastros, segundo pesquisadores.

 

Compartilhe esta notícia!