TOPO

Por que pesquisadores defendem início de aulas mais tarde após experiência de lockdown

12/01/2022 | Editado em 12/01/2022 16:35

Uma pesquisa feita na Suíça, recém-publicada na JAMA Network Open, avaliou o sono de 3,6 mil estudantes da etapa equivalente ao ensino médio, com idade média de 16 anos, durante os meses iniciais de lockdown no país. Ao comparar o tempo de sono desses adolescentes com um grupo de controle, que havia sido mensurado em 2017, ou seja, durante um período típico de aulas, os pesquisadores do Centro de Desenvolvimento Infantil da Universidade de Zurique concluíram que, durante o lockdown pandêmico, os estudantes puderam dormir até 75 minutos a mais por dia de semana, o que implicou em melhores indicadores de saúde.

Compartilhe esta notícia!