TOPO

Reabrir escolas é decisão da saúde, não dos pais, por Alexandre Schneider

31/07/2020 | Editado em 31/07/2020 13:52

Em sua coluna para a Folha de São Paulo, Alexandre Schneider descreve a incômoda discussão que o setor de Educação enfrenta, marcada pelas dúvidas de pais, professores e gestores sobre quando e como voltar às atividades de ensino presencial. Para ele, o ideal seria delegar à saúde a responsabilidade pela decisão de quando e como abrir as escolas, assumir a liderança do processo, realizar uma pesquisa com pais e profissionais da educação, ouvir a comunidade e investir na comunicação adequada para tranquilizar a todos.

Compartilhe esta notícia!