TOPO

Roda de conversa teve como tema Participação Juvenil, Tecnologia e Equidade na Escola

11/05/2015 | Editado em 11/05/2015 15:22

No dia 29 de abril, foi realizada uma roda de conversa sobre Participação Juvenil, Tecnologia e Equidade na Escola, em São Paulo. O encontro contou com a participação de alunos de escolas públicas de Goiás e São Paulo, profissionais da educação, especialistas, representantes de entidades e pesquisadores da área, além de membros do Instituto Unibanco.

Os participantes trocaram experiências e ideias sobre o assunto, compartilharam histórias e discutiram a importância do protagonismo juvenil e do uso de tecnologias nas escolas.

Entre as reflexões propostas, Paulo Corniani, do Instituto Unibanco, questionou “por que o jovem não está no centro do processo educacional”.

“A participação dentro da escola faz com que o jovem tenha participação na sociedade. Querendo ou não, a escola traz política”, opinou o estudante Gabriel Machado, de Goiânia. A jovem Isabela Silva, também de Goiânia, ressaltou que os jovens querem confiança, “oportunidade de serem ouvidos”. Para ela, “a chave do sucesso é reconhecer que você não faz nada sozinho.”

Para Ricardo Henriques, superintendente executivo do Instituto Unibanco, o encontro foi “muito rico, rico pela complexidade, pelo afeto, pela entrega e aumentou muito a expectativa sobre os desafios de pensar participação juvenil e tecnologia dentro da escola a partir do jovem e com o jovem.”

 

Compartilhe esta notícia!