TOPO

Saiu na mídia: artigo de Ricardo Henriques aborda o custo do racismo

27/11/2014 | Editado em 27/11/2014 09:27

No último dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o jornal O Globo publicou, tanto na versão impressa, quanto na web, artigo de Ricardo Henriques, superintendente executivo do Instituto Unibanco, sobre os custos das desigualdades sociais, marcadamente raciais, que são reproduzidas na educação.

“Apesar dos avanços na educação nos últimos anos, o desafio ainda é enorme, pois os indicadores educacionais são baixos entre os brancos e baixíssimos entre os negros. Temos de, simultaneamente, aumentar o nível dos indicadores e reduzir a desigualdade.

Inúmeras escolas públicas do país encontram dificuldades para acolher todos os estudantes com suas singularidades e necessidades. A escola frequentemente se apresenta incapaz de lidar com as consequências das desigualdades estruturais socioeconômicas do seu alunado, particularmente nas comunidades mais vulneráveis. O desafio não é trivial. Além de professores competentes, dedicados ao ensino e capazes de reconhecer as desigualdades e valorizar a diversidade, é fundamental fortalecer a gestão da escola para assegurar o direito à aprendizagem com a melhoria dos resultados cognitivos e socioemocionais de cada estudante”, argumenta.

Confira: oglobo.globo.com/opiniao/o-custo-do-racismo-14608848

Compartilhe esta notícia!