TOPO

Sem formação, apagão de mão de obra se agravará

07/07/2021 | Editado em 07/07/2021 14:50

Editorial do jornal O Globo fala sobre apagão de mão de obra no Brasil. O País enfrenta uma grave crise sanitária e econômica, com 14,8 milhões de desempregados versus empresas com vagas ociosas porque não acham mão de obra qualificada para ocupá-las. Segundo Ricardo Henriques, superintendente-executivo do Instituto Unibanco e especialista em educação, mesmo que o PIB volte a crescer a taxas mais elevadas, esse problema tenderá a se tornar ainda mais agudo, podendo virar uma das barreiras ao crescimento do País. Segundo Henriques, se as mudanças não acontecerem na educação com urgência, os brasileiros e o Brasil ficarão fora da economia do século XXI.

 

Compartilhe esta notícia!