TOPO

Webinário discute práticas e experiências na educação

08/11/2021 | Editado em 08/11/2021 16:01

Encontro promovido pelo Instituto Unibanco contou com o lançamento do novo Banco de Soluções, plataforma que reconhece e organiza por temas experiências de gestores pelo Brasil

 Na última quarta-feira (4), o Instituto Unibanco promoveu o webinário Compartilhamento de práticas: inspirando e valorizando experiências na educação. O encontro marcou o lançamento do novo Banco de Soluções, plataforma colaborativa do Observatório de Educação – Ensino Médio e Gestão, que reúne e organiza por temas os depoimentos de gestores, professores e alunos sobre ações que deram certo em suas escolas.

Com abertura de Ricardo Henriques, superintendente-executivo do Instituto Unibanco e mediação de Jane Reolo, coordenadora de Inovação em Educação do Instituto, o encontro teve a participação de Denílson Garcia, diretor da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Graça Aranha, de Santa Maria de Jetibá (ES); Vagna Brito de Lima, coordenadora de Formação Docente e Educação a Distância da Secretaria da Educação do Estado do Ceará (Seduc-CE); Jane Rêgo de Lima Pimentel, técnica de ensino da 4ª Gerência Regional da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (4ª GRE/Seduc-PI); e do jornalista Antonio Góis.

Ricardo Henriques abriu o evento compartilhando a experiência e a cultura do Instituto Unibanco na busca e no compartilhamento por soluções nas políticas educacionais.

“Temos uma cultura de escuta ativa e de olhar muito focado, muito atento para as soluções que estão sempre aparecendo no chão da escola, e isso é uma parte fundamental da nossa estratégia geral como Instituto, e em particular no âmbito do programa Jovem de Futuro”, destacou.

Henriques também falou sobre o lançamento do Banco de Soluções, afirmando que a ferramenta é uma forma de incentivar, compartilhar e aperfeiçoar as práticas pedagógicas e de gestão para a melhoria na educação brasileira.

Em seguida, Jane Reolo falou sobre a importância do registro e compartilhamento de práticas na área da educação como forma de inspiração para outros educadores, possibilitando uma adaptação das experiências para cada realidade.

“Eu venho de uma experiência de gestão de uma escola na Vila Brasilândia, no extremo norte da cidade de São Paulo e às vezes eu brincava com os meus professores que nem tudo que funciona na Finlândia, funciona na Brasilândia. No entanto, a inspiração que as práticas sistematizadas e organizadas trazem a cada um de nós, educadores, são extremamente relevantes. E é sobre essa sistematização, essa organização, essa generosidade do compartilhar que a gente vai conversar hoje”, afirmou, introduzindo o tema do debate.

Vagna Brito, por sua vez, compartilho sua vivência como coordenadora da Formação Docente e Educação a Distância (Coded) da Secretaria de Educação do Ceará (Seduc-CE) e falou sobre o Seminário DoCEntes. O evento, realizado em parceria com o Instituto Unibanco, tem seu enfoque na participação e diálogo, de caráter acadêmico, entre professores e gestores da rede pública do Ceará, com o objetivo de proporcionar reflexões sobre temas significativos para a educação cearense.

“O seminário busca esse olhar do professor, voltado a ir para a reflexão e para a ação. Ou seja, o evento chama o professor a refletir a sua prática e partilhar com seus pares”, explicou.

Na sequência, Jane Pimentel falou sobre sua experiência com gestão escolar no Piauí. Em sua perspectiva, as escolas onde os alunos mais se desenvolvem são aquelas em que os gestores se dedicam aos seus alunos de forma humanizada e com dedicação. Apesar de não descartar as dificuldades enfrentadas, ela enfatizou que a gestão da escola tem que prezar pelo bem-estar da equipe, dos alunos e da comunidade escolar como um todo.

“Com todos os problemas que a gente vem passando, só dá para superar os desafios se não perdermos a esperança e tivermos dedicação cem por cento”, afirmou.

Denílson Garcia abordou as questões enfrentadas em sua carreira como diretor. Para ele, a escola é formada por desafios diários. Por isso, é preciso identificá-los, em todos os segmentos dentro da instituição para, com a equipe, traçar uma solução. Para a identificação dos problemas, Garcia destacou a necessidade do diálogo, tanto com os educadores, como com os alunos e famílias, para entender as diferentes realidades possíveis dentro de uma escola.

“Assim, a gente conseguia fazer todo esse arranjo das informações, classificá-las em prioridades para resolver imediatamente o que fosse possível. Funcionou”, contou o diretor.

Por fim, o jornalista Antônio Góis apresentou a plataforma Banco de Soluções. Criada pelo Instituto Unibanco, o acervo reúne quase 200 depoimentos em busca de valorizar e sistematizar boas práticas e facilitar o seu compartilhamento. O jornalista contou sobre o processo de criação do Banco, que contou com gravações de profissionais de todo o Brasil. Para ele, as soluções para cada escola vão depender de cada contexto, mas existem desafios que são muito comuns em qualquer escola pública no Brasil.

“Uma contribuição que a gente pretende dar aqui é que ultrapassasse os limites do território. É essencial ter um olhar para cada um dos territórios, mas a gente entende também a potência que é trazer o olhar para outras realidades pelo país”, aponta.

O webinário Compartilhamento de práticas: inspirando e valorizando experiências na educação está disponível na íntegra no canal do YouTube do Instituto Unibanco:

Para conhecer o Banco de Soluções,  acesse: https://observatoriodeeducacao.institutounibanco.org.br/banco-de-solucoes.

 

Valorização e profissionalização da carreira docente

No dia 10 de novembro, às 16h, acontece o webinário Valorização e profissionalização da carreira docente. Durante o encontro, será apresentado o estudo “Temas Estratégicos para Carreiras no Magistério”, produzido pelo grupo de trabalho (GT) do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed)  e do Conselho Nacional de Secretários de Administração (Consad). Com mediação de Rita Jobim, coordenadora de Políticas Educacionais no Instituto Unibanco, o evento contará com a presença de Ricardo Henriques, superintendente-executivo do Instituto Unibanco; Haroldo Rocha, líder do movimento Profissão Docente; Renata Vilhena, pesquisadora da Fundação Dom Cabral; Marília Raquel Simões Lins, secretária de Administração do Estado de Pernambuco; e Josué Modesto dos Passos Subrinho, secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura de Sergipe. A transmissão ao vivo, acontecerá no canal do Youtube do Instituto Unibanco: https://youtu.be/Qfzg8SvRtVU

Compartilhe esta notícia!