TOPO

Instituto Unibanco participa de Jornada Pedagógica promovida pela Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte

03/08/2020 | Editado em 04/08/2020 18:06

Evento online reuniu autoridades locais e especialistas em educação para debater as condições de ensino durante a pandemia, além da retomada das aulas presenciais, prevista para agosto

 A Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer, do Rio Grande Norte, realizou, nos dias 14 e 15 de julho, a segunda edição da Jornada Pedagógica da rede estadual de ensino. Ricardo Henriques, superintendente executivo do Instituto Unibanco, participou do encontro online ao lado da governadora Fátima Bezerra, do secretário de educação Getúlio Marques e dos ex-ministros da Educação Fernando Haddad e Henrique Paim. Também marcaram presença no evento Alexandre Soares, presidente da Undime-RN, Ítalo Dutra, chefe de educação do Unicef, e Mayara Ribeiro, professora do departamento de educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte.

Aproximadamente 5 mil professores e gestores de todas as diretorias regionais de ensino do estado se inscreveram para assistir à jornada, transmitida pelo canal do Youtube da secretaria. Com o tema “Educação no contexto da crise mundial: desafios para a formação integral, democrática e inclusiva”, a live de abertura, no dia 14, teve como discussão predominante a retomada das aulas presenciais e o foco em preservar o direito à aprendizagem e a segurança alimentar dos estudantes. Já no dia 15, o tema foi “Possibilidades formativas para as escolas e estudantes durante a pandemia”, com foco nas adequações necessárias ao processo de retomada com segurança e diálogo.

A íntegra da Jornada Pedagógica está disponível em:

https://www.youtube.com/channel/UCnnba8h7IxGjodVv54Lq75g

Jovem de Futuro

O Instituto Unibanco é responsável pelo programa Jovem de Futuro, desenvolvido em parceria com secretaria estadual de educação. A iniciativa tem foco na melhoria da aprendizagem dos estudantes do Ensino Médio, sua permanência na escola e na redução das desigualdades educacionais por meio da gestão da educação.

Lançado em 2007, o programa já impactou diretamente as vidas de aproximadamente 3 milhões de estudantes e as atividades de mais de 3 mil escolas públicas em 11 redes estaduais de ensino. No Rio Grande do Norte, o programa foi implementado em 2017.