TOPO

Faltam professores para 17% das aulas do novo ensino médio em SP

06/06/2022 | Editado em 06/06/2022 16:06

A falta de profissionais foi constatada por estudo feito pela Repu (Rede Escola Pública e Universidade), que apontou também desigualdade na possibilidade de escolha entre escolas com melhor e pior nível socioeconômico. Com dados da Secretaria da Educação, eles constataram que, até o dia 8 de abril, ou seja, ao final do primeiro bimestre letivo, 22,1% das aulas dos itinerários formativos do segundo ano do ensino médio não tinham sido atribuídas a nenhum professor —eles só serão ofertados no terceiro ano a partir de 2023. A pasta afirmou que o índice atualmente é de 17% das aulas, ou seja, o equivalente a quase um dia por semana.

Compartilhe esta notícia!