TOPO

Ano escolar perdido ameaça afetar renda e produtividade no longo prazo

16/11/2020 | Editado em 16/11/2020 14:27

Oito meses após o fechamento de escolas devido à pandemia do novo coronavírus, a falta de um plano concreto para retomar as atividades escolares pode ter consequências negativas sobre a desigualdade de renda e o crescimento futuro da economia. No limite, o ano perdido poderia subtrair R$ 1,5 trilhão da renda dos brasileiros em meio século, estima o professor Ricardo Paes de Barros, um dos maiores especialistas em desigualdade do País.

Compartilhe esta notícia!