TOPO

Educação de olho no futuro, por Rossieli Soares

02/09/2020 | Editado em 02/09/2020 11:07

O secretário de Educação de São Paulo, Rossieli Soares, escreve sobre a conquista do estado paulista em ser o primeiro do Brasil a ter um currículo de ensino médio alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e à reforma do Ensino Médio. A implementação do currículo deverá ser progressiva, começando com o primeiro ano já em 2021, segundo em 2022 e terceiro em 2023. São Paulo terá mais do que a carga mínima prevista na legislação, que é de 3.000 horas, para dar ainda mais oportunidade e protagonismo ao estudante na escolha de áreas de conhecimento de formação geral, incluindo a formação técnica e profissional.

Compartilhe esta notícia!