TOPO

Instituto Unibanco e GELEDÉS Instituto da Mulher Negra: uma parceria pela Educação Antirracista

08/07/2021 | Editado em 08/07/2021 16:47

O Instituto Unibanco acredita na colaboração para a melhoria da educação brasileira. Para tanto, atua com importantes entidades do terceiro setor focadas no avanço da educação pública, com mais qualidade e equidade para todas e todos os estudantes. A parceria com o GELEDÉS Instituto da Mulher Negra é uma dessas iniciativas.

Para apoiar o desenvolvimento de ações que promovam a equidade racial e de gênero nas escolas, as equipe do Instituto e do Geledés elaboraram a coleção A Educação de Meninas Negras na Pandemia, disponível no Observatório de Educação – Ensino Médio e Gestão.

“Com estudos, artigos e vídeos, o material pode e deve ser utilizado para elaboração de estratégias que garantam a permanência de meninas negras na escola, pois elas são as mais ameaçadas pela evasão escolar. E têm sido deixadas para trás antes, durante, e, certamente, depois da pandemia”, destaca Suelaine Carneiro, coordenadora de Educação e Pesquisa o GELEDÉS Instituto da Mulher Negra.

Tiago Borba, gerente de Planejamento e Articulação Institucional do Instituto Unibanco, destaca a importância do material para a pauta antirracista na Educação.

“A coleção reforça a centralidade da equidade racial e de gênero na discussão de uma educação que se pretende inclusiva e de qualidade, ainda mais em contextos de recrudescimento das desigualdades em especial para estudantes negras”, explica.

Segundo ele, o Geledés é um parceiro fundamental para a construção de uma agenda de qualidade e equidade, que contribui para o desenvolvimento de estratégias de educadores comprometidos com a redução das desigualdades estruturais que atravessam e conformam a sociedade brasileira.

“Compreender as desigualdades presentes no espaço escolar é o primeiro passo na construção de práticas mais efetivas para a garantia do direito à educação”, finaliza.

Sobre o GELEDÉS Instituto da Mulher Negra

Geledés Instituto da Mulher Negra é uma organização da sociedade civil que há 32 anos atua em defesa mulheres e negros por entender que esses dois segmentos sociais padecem de desvantagens e discriminações no acesso às oportunidades sociais em função do racismo e do sexismo vigentes na sociedade brasileira.

O Geledés tem como áreas prioritárias de ação política e social a questão racial, as questões de gênero, e as implicações desses temas com os direitos humanos, a educação, a saúde, a comunicação, o mercado de trabalho, a pesquisa acadêmica e as políticas públicas.

Em todos esses temas, Geledés desenvolve projetos próprios ou em parceria com outras organizações de defesa dos direitos de cidadania, além de monitorar no Portal Geledés o debate público que ocorre sobre cada um deles no Brasil e no mundo. Saiba mais em www.geledes.org.br.

Compartilhe esta notícia!