TOPO

Mostra de caricaturas revela cultura regional em escola do Pará

02/04/2014 | Editado em 02/04/2014 16:53

Estimular os alunos do Ensino Médio a conhecer e apreciar a história e os artistas da região por meio da produção de caricaturas dessas personalidades. Essa foi a proposta da Escola Estadual Professor Osvaldina Muniz, que participa do Programa Ensino Médio Inovador/Jovem de Futuro (ProEMI/JF), localizada na cidade de Cametá (PA), ao realizar a mostra de desenhos artísticos de estudantes “O Humor na ponta do lápis”.

“Há algum tempo observo nos alunos a ausência do hábito de frequentar o museu e outros ambientes que contenham um legado da história regional, e que nossas bibliotecas, tanto municipal como da própria escola, não contém informações sobre os artistas de nossa região”, explica a professora de educação artística Jalva Farias.

Com base nessas observações, relata, “me veio à ideia de criar um projeto onde esses alunos, além de conhecerem, pudessem também valorizar e reconhecer as pessoas com popularidade que, direta ou indiretamente, têm contribuído para o fortalecimento da história de Cametá, com seus dons e habilidades artísticas culturais”.

Os alunos tiveram aulas teóricas e práticas sobre os personagens das caricaturas, como a trajetória de vida e as fotografias com as características mais fortes que seriam o destaque no desenho final. Após esse processo, foram ministradas aulas de hachura – técnica artística utilizada para criar efeitos de tons ou sombras a partir do desenho de linhas paralelas próximas – para a elaboração do retrato. Ao todo, foram produzidos 20 desenhos.

Os trabalhos foram expostos no saguão da escola e depois levados às salas de aulas. “Levar a cultura para dentro da escola de forma lúdica foi algo que mudou o olhar de todos os funcionários e alunos que, de alguma forma, não tinham esse conhecimento”, afirma a professora.

Compartilhe esta notícia!