TOPO

O desafio dos sem-escola, por Renata Cafardo

08/02/2021 | Editado em 08/02/2021 16:15

Em sua coluna para o Estadão, a jornalista Renata Cafardo argumenta que há meninos e meninas que deixaram a escola em 2020 e nunca mais vão voltar se ninguém correr atrás deles. Dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) feita durante a pandemia, indicam que 5,5 milhões de brasileiros de 6 a 17 anos não têm seu direito à educação preservado. Ou seja, não têm escola. Para ela, o projeto de lei que prevê uma bolsa para adolescentes pobres continuarem estudando, apresentado pela deputada Tábata Amaral e demais parlamentares da bancada de Educação, pode ser uma alternativa melhor para que os jovens não deixem a escola. “Com mais dinheiro, melhor emprego, mais saúde, mais anos de vida. É preciso repetir isso sempre, para que excluídos não continuem cada vez mais excluídos”, finaliza.

 

Compartilhe esta notícia!