TOPO

Pesquisa capta sentimentos e percepções dos professores sobre a crise

07/04/2020 | Editado em 10/06/2020 21:38

O Instituto Península divulgou os resultados da primeira de uma série de pesquisas que realizará ao longo do período de suspensão das aulas com o objetivo de captar o sentimento e a percepção dos educadores brasileiros. Como eles estão se cuidando, se organizando e como enxergam a sua responsabilidade neste momento são algumas das perguntas que o estudo busca responder.  

Participaram da pesquisa, realizada entre os dias 23 e 27 de março por meio de questionário on-line, 2.400 professores e professoras da Educação Básica de todo o Brasil, da Educação Infantil ao Ensino Médio, contemplando diferentes modalidades. 

Alguns dos achados do estudo: 

  • 66% dos professores acreditam que neste momento inicial, seu papel é o de disseminar informações seguras e se manter em casa cuidando de si e dos seus familiares; 
  • Professores indicam estarem muito ou totalmente preocupados com a própria saúde e efeitos, apesar de pequenos, já podem ser notados na saúde mental dos docentes; 
  • A(o)s docentes estão buscando apoio informacional, emocional / psicológico e financeiro, nesta ordem. 

Além dessa primeira pesquisa, realizada no estágio inicial da paralisação das aulas, estão previstas outras três. Para o gestor, pode ser mais uma fonte de informações contribuindo na definição das melhores estratégias para auxiliar o corpo docente. A ideia do material é justamente essa: contribuir com o debate sobre como apoiar os professores nesse contexto.  

Acesse a pesquisa completa aqui 

Compartilhe esta notícia!