TOPO

Levantamento revela que 60% dos jovens de comunidades das zonas Norte e Oeste do Rio já perderam mais da metade da renda

06/07/2020 | Editado em 06/07/2020 13:27

Pesquisa da Agência de Redes para a Juventude, apoiada pelo Instituto Unibanco, mostrou os impactos da pandemia na vida de moradores de 40 favelas e conjuntos habitacionais onde estão os menores Índices de Desenvolvimento Humano da cidade do Rio de Janeiro. Dos 441 entrevistados, 73,4% tinham renda familiar de até um salário mínimo antes da emergência sanitária. Seis em cada dez deles responderam que a família perdeu todos ou mais da metade dos rendimentos devido aos efeitos da Covid-19.

 

Juliana Carmo, 20 anos. Foto: Hermes de Paula / Agência O Globo 

Compartilhe esta notícia!