TOPO

3 conteúdos para uma educação antirracista

19/11/2021 | Editado em 12/01/2022 14:03

Construir uma agenda antirracista na educação brasileira é fundamental para promovermos juntos uma sociedade mais equitativa. Por meio dela, podemos garantir o direito à educação e o desenvolvimento de todas e todos os estudantes, além de combater a exclusão escolar. Mas, antes de nos aprofundarmos no assunto, precisamos esclarecer o que é educação antirracista.

O que é educação antirracista?

A educação antirracista visa o combate ativo de toda e qualquer expressão de racismo na escola, reconhecendo e valorizando as contribuições de africanos e afro-brasileiros em diferentes áreas do conhecimento humano.

Em função do mês da Consciência Negra, preparamos uma lista de leituras produzidas por nós para apoiar gestores na construção de escolas mais igualitárias.

 

Desigualdade racial precisa ser enfrentada também dentro da escola

O boletim do Aprendizagem em Foco estuda dados relacionados à desigualdade racial na educação e levanta três aprendizados principais: a distância entre brancos e negros diminuiu no acesso à educação, mas se manteve na aprendizagem; os estereótipos e as baixas expectativas dos professores podem prejudicar os alunos negros; e o gestor possui um papel importante de estimular a reflexão sobre práticas do cotidiano escolar e combater essas desigualdades.

 

Desigualdade racial na educação brasileira: um Guia completo para entender e combater essa realidade

Este artigo reúne os principais conteúdos do Observatório de Educação sobre o tema para explicar a desigualdade racial e a importância da educação para combatê-la. O texto aborda análises de dados sobre essa desigualdade na educação brasileira, aspectos históricos do racismo no Brasil, o papel do docente, soluções de gestão, além da Lei 10.639/2003, que promove o ensino da história e cultura africanas.

 

Desafios para uma educação antirracista: das raízes históricas às conquistas legais

O artigo do Observatório de Educação traz uma perspectiva histórica da desigualdade, bem como as conquistas legais que o movimento negro obteve nas últimas décadas em nosso país. O conteúdo é multimídia e conta com vídeos de alguns webinários promovidos pelo Instituto Unibanco sobre o assunto.

Compartilhe esta notícia!